FUSOS EXTREMOS (EXTREME SPINDLES). MODELO DE LAUDO. 001   Atualizado recentemente!


Fusos extremos são vistos em  pacientes normais e em certas situações  patológicas, veja este nosso estudo:

kanda2015.extreme.spindles

para baixar o pdf.clique aqui

 

 

 

NEUROVALE
LABORATÓRIO DE NEUROFISIOLOGIA & ELETRENCEFALOGRAFIA
RUA PORTUGAL , 131. (12) 3632-0956 TAUBATÉ - SÃO PAULO.
Whatsapp: 12 9 92518084

Paciente:
Nome: SARAH 9MESES
Nascimento: 29/07/2018
Gênero: Feminino
Idade: 9 mês

Acquisition settings:
Device: Neuron-Spectrum-3
Sampling rate: 500 Hz
Montage: REFERENCIAL COMPLETA SEM EXTRAS
High pass filter: 0,5 Hz
Low pass filter: 35,0 Hz
Notch filter: Desliga
Examination duration: 00:20:08
Examination date: sexta-feira, 17 de maio de 2019

Doutor(a): DR LUIZ EDUARDO FERREIRA E SILVA
17/05/2019
ELETRENCEFALOGRAMA DIGITAL

Exame realizado em condições técnicas satisfatórias em sono N-REM induzido com
hixizine ml. A atividade elétrica de fundo apresenta atividade fusiforme contínua e
difusa. O gradiente anteroposterior normal está presente. Os grafoelementos
próprios do sono aparecem de modo esparço. Não observamos
descargasepileptifomes. A abertura e fechamento ocular nada acrescentaram. A
hiperpnéia não foi realizada. A Fotoestimulação mostrou reatividade normal.

Conclusão: EEG digital em sono induzido e sob fotoestimulação mostra padrão
fusos extremos.
CORRELAÇÃO ELETROCLÍNICA: Gibbs e Gibbs descreveram o padrão fusos
extremos (FE) em 1962. FE são uma variante rara no EEGs de 0,05% das crianças
normais (idade média, 3 anos, com um intervalo de 1 a 12 anos) e são ainda mais
raras após 11 anos. Além disso, devido a alterações na substância branca do lobo
frontal. Atenção: pode ser variante normal, mas pode aparecer em pacientes com
atraso neuropsicomotor ou que sofreram anóxia neonatal, pode aparecer após
infecções do sistema nervos central (SNC), distrofia neuroaxonal infantil, síndrome
de Menkes, distrofia muscular congênita, hidrocefalia, porencefalia, epilepsia,
degeneração cerebelar progressiva e encefalite por micoplasma e tratamento com
metotrexate(1). É importante a familia entender que a maior parte das crianças é
normal quando apresenta este EEG.

referência:
Kanda, Paulo Afonso Medeiros, et al. "Extreme Spindles and Leukoencephalopathy
after Acute Lymphoblastic Leukemia Treatment: An Undescribed Association." The
Neurodiagnostic Journal 55.4 (2015): 235-242.

Paulo Afonso Medeiros Kanda crm 54378- sp