abaixo em  "Material de apoio disponível na nuvem" você encontra vasto material introdutório básico e aberto a todos.

 

 

 

 59585_greek_m_lgwww

Oficinas de EEG ambulatorial de rotina.

sinapsy.com.br

 

Programa das Oficinas.

Informações do facilitador

facilitador

E-mail

Localização

Paulo
Afonso Medeiros kanda

pka...@sinapsy.com.br

Informações Gerais

Descrição do facilitador

Neurologista UNIFESP (Hospital São Paulo - Escola Paulista de Medicina),

Neurofisiologista SBNC.

Mestrado UNIFESP. Área de concentração EEG e epilepsia.

Doutorado HCFMUSP. Área de concentração EEG e demências. 

Crm 54.378- SP

 

Expectativas e metas

A proposta destas oficinas de EEG é fornecer substrato teórico e prático para a estruturação de seu laboratório de EEG ambulatorial. O nível é básico. Teórico prático. Destina-se a colegas médicos com conhecimento nulo ou quase nulo em eletrencefalografia. Divide-se em 5 módulos, sendo o primeiro presencial, e os demais 4, tele-presenciais, distribuídos ao longo de 31 semanas. São 2 oficinas em cada encontro (das 21-22h e das 22:10-23h) e o curso aborda principalmente questões diagnósticas indicando referências teóricas para complementação.

Espera-se que em 1 ano, colega esteja capacitado a laudar, de maneira decente, boa parte dos EEGs ambulatoriais de rotina, desde que, realize as leituras adicionais e estude os exames que estarão disponíveis na nuvem. A proficiência vira apenas com o tempo e complementação sob supervisão. 

Materiais necessários

Instrumentação e materiais necessários.

Pc ou mac com banda rápida, 2 megas é o mínimo para recepção adequada das oficinas on-line. Conexão mais rápida pode ser necessária para se baixar as oficinas gravadas e os exames para revisão.  Software EDFbrowser para revisão dos traçados (gratuito). Baixar de http://www.teuniz.net/edfbrowser/

Livro texto de eletrencefalografia. Livros sugeridos:

Niedermeyer's Electroencephalography: Basic Principles, Clinical Applications, and Related Fields. Donald L. Schomer, Fernando Lopes da Silva (Editor). Lippincott Williams and Wilkins; sixth Revised edition (1 Jan 2011).

Atlas of EEG Patterns. John M. Stern, Jerome Engel. Lippincott Williams & Wilkins, 200. 

Blume's Atlas of Pediatric and Adult Electroencephalography. Warren T. Blume, Giannina M. Holloway, Masako Kaibara and G. Bryan Young. Lippincott Williams & Wilkins, 2010.

EEG in Clinical Practice. John Hughes MD.Butterworth-Heinemann,1994. 

EEG na Prática Clínica. Maria Augusta Montenegro, Fernando Cendes, Marilisa M. Guerreiro, Carlos A. M. Guerreiro. Livraria e editora Revinter LTDA, 2012. Materiais opcionais:

Discussões no canal EEGtube.

Atividade prática

Periodicamente,
um dos colegas participantes é convidado a apresentar um tema, de no máximo 10 telas para disponibilização no EEG tube e no site sinapsy.com.br. Fica a critério dele se apresenta ou não, pois algumas pessoas são mais reservadas. O colega nunca será pressionado, exposto ou testado diante dos demais. Sua privacidade será sempre respeitada nas oficinas.

O módulo presencial (primeiro módulo) pode ser feito independentemente dos demais, pois versa sobre princípios básicos e fundamentais, necessários à leitura do EEG. A inscrição para o primeiro módulo presencial de 8 horas pode ser realizada em: http://www.neurosoft.com.br.

Nas oficinas on-line ocorre imersão detalhada nos temas, sendo necessário estudo paralelo por parte do iniciante. São sugeridos estudos para revisão. Os traçados de EEG a serem estudados, são fornecidos para download. Aqui fugirei da etiqueta e quebrarei o  protocolo para um recado: “Você não vai aprender EEG por osmose”. Contudo, com método, perceberá que não é difícil como parece.

Agenda do Curso

Modulo I - Presencial

Encontro presencial,

Dia 13 de setembro de 2014. das 8-12h e das 13-18h.

Conteúdo: O que é o EEG, usos e limitações, conhecendo a interface do eletrencefalógrafo,  conversão AD, sensibilidade, ganho, amplificadores, filtros, Teorema de Nyquist, EEG normal vigília sono, adultos e crianças, EEGs patológicos, identificando, ponta, onda aguda, onda lenta, padrões, discutindo as correlações eletroclínicas e como laudar.

 

 

Demais módulos - Telepresenciais

DIA DA SEMANA A COMBINAR

 

Semana

Primeira oficina 21:00h -22:00h

             Segunda oficina
22:10-23:10h

 

Módulo I

 

 

 

Primeira oficina

on-line

, aberta a todos os participantes da oficina presencial.

 

 

data

Localização, polaridade, Determinação de Geradores.

Artefatos e montagens.

 

data

Adultos vigília.

Adultos sono.

 

data

Crianças
vigília.

Crianças
sono.

 

data

Artefatos

Variantes da
normalidade I.

 

data

Variantes da
normalidade II.

Leitura de traçados

 

 

Procedimentos de ativação.

 

 

data

Manobras de ativação do EEG

Hiperpnéia, foto estimulação, etc

 

 

data

Fisiopatologia
da geração das ondas anormais no EEG. Mecanismos básicos da epileptogênese.

 

Classificação
internacional das Epilepsias e Síndromes Epilépticas.

Traçados.

 

data

Epilepsias com
Crises neonatais. Crises neonatais benignas familiares.

Crises neonatais benignas não familiares.

 

 

 

 

 

Módulo II

 

 

 

data

Síndromes e
Crises no lactente

Crises que não necessitam
classificação de epilepsia.

Síndrome de
Watanabe-Vigevano

Crise convulsiva
febril.

Crise infantil benigna familial

Crise infantil benigna não-familial

 

data

Síndrome de
West.

Síndrome de
Dravet (Epilepsia Mioclônica Grave da Infância).

 

data

Síndrome de
Lennox-Gastaut.

Síndrome de
Landau-Kleffner.

 

data

Ponta-onda
contínua no sono N-REM. (encefalopatia epiléptica com status epilepticus
durante o sono de ondas lentas).

Status mioclônico
nas encefalopatias não progressivas.

 

data

Síndrome de
susceptibilidade a crises benignas na infância.

Síndrome de
Panayiotopoulos

Epilepsia
occipital da infância de início tardio (EOT), tipo Gastaut.

 

data

Síndromes Epilépticas
Neocorticais graves na infância.

Síndrome de
Kozhevnikov-Rasmussen.

Síndrome
Hemiconvulsão-Hemiplegia-Epilepsia. Crises parciais migratórias malignas da
infância. (Crises focais migratórias da Infância).

 

 

Epilepsias Generalizadas Idiopáticas.

 

 

data

Epilepsia
Ausência da Infância.

Ausência
Mioclônica.

Síndrome de
Doose.

 

data

Ausência
Juvenil.

 

Epilepsia mioclônica juvenil.

 

 

 

 

 

Módulo III

 

 

 

data

Epilepsia generalizada
apenas com crises generalizadas tônico-clônicas.

Epilepsias familiares focais
autossômicas dominantes.

Epilepsia do
lobo frontal noturna autossômica dominante.

 

 

Epilepsias familiares focais
autossômicas dominantes

 

 

data

Epilepsias do lobo temporal
familial.

Epilepsia
Mesial familial do lobo temporal

     Epilepsia Lateral familiar do lobo
temporal

Epilepsia focal Familial com foco variável.

Outras Epilepsias focais familiares

(Autossômicas dominantes ainda não

reconhecidas)

 

 

Epilepsias sintomáticas e
possivelmente sintomáticas:

 

 

data

Epilepsias
límbicas

Epilepsia do
lobo temporal mesial com esclerose hipocampal

 

Epilepsia
mesial do lobo temporal definido por etiologias específicas

Outros tipos
definidos pela localização e etiologia

 

 

Epilepsias Neocorticais

 

 

data

Epilepsia do lobo temporal Lateral

Epilepsia do Lobo frontal 

 

Crises
migratórias focais da primeira infância

Outros tipos
definidos pela localização e etiologia

 

data

Epilepsia do
lobo frontal

Epilepsia Partialis Continua de Kozhevnikov

Epilepsias
do Lobo parietal e occipital sintomáticas.

 

 

Epilepsias
Reflexas

 

 

data

Os
estímulos precipitantes

A resposta ao estímulo

Crises fotossensível e síndromes epilépticas

Síndrome de epilepsia fotossensível Idiopática do lobo occipital

Síndrome Jeavons

Epilepsia padrão-sensível

 

Sensibilidade Fixation-off

Epilepsia de sobressalto

Epilepsias reflexas complexas

Epilepsia primária da leitura

Epilepsia da água quente em lactentes

Leitura de traçados

 

data

Uso racional do
EEG na avaliação das epilepsias

Leitura de
exames.

 

 

 

 

 

Módulo IV

 

 

 

 

Temas diversos

 

 

data

Demências

Traçados

 

data

Doenças
cérebro-vasculares

 

Traçados

 

data

 

Traumas, Lesões focais

Tumores
Cerebrais.

Malformações
corticais.

 

data

Cefaléias.

Doenças
Metabólicas.

 

data

 

Periódicos curtos e longos, classificação de Pleds.

Drogas

 

data

Doenças
psiquiátricas.

 

 

data

Coma

Morte cerebral

 

data

Processos infecciosos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A programação das oficinas de EEG on-line termina aqui e pode ser mudada, por razões técnicas, sem aviso prévio, assim como, eventualmente, o dia da oficina.  Caso tenhamos pane no meu sistema, o encontro será agendado para dia posterior. Para o caso de pane em seu PC, as oficinas ficam gravadas no sinapsy.com.br ou na nuvem, para download posterior.

Abaixo, recursos adicionais para o aprendizado, disponíveis no canal EEGtube e no www.sinapsy.com.br:

Material de apoio disponível na nuvem.

Assunto

Referência

Introdução

 

Oficina 1. HISTÓRIA DA
ELETRENCEFALOGRAFIA.

http://youtu.be/2-dH0bSKeec

 

 

Neurofisiologia

 

Origem dos ritmos cerebrais
I

http://youtu.be/Ea-NJp4vnLE

Origem dos ritmos cerebrais
II.

http://youtu.be/rOKTOVwc-mw

Neurofisiologia do
Eletrencefalograma I. Revisão.

http://youtu.be/W4qkdgZ864I

Neurofisiologia do EEG II.
Revisão

http://youtu.be/d5PQPnoCeYY

Neurofisiologia do EEG III.Revisão

http://youtu.be/LM9pPNwYh6o

Mecanismos de geração do
potencial do EEG. Substrato celular

na geração dos ritmos celulares e
Substrato celular na geração dos ritmos celulares.

http://youtu.be/CUKPQvfjd1A

http://youtu.be/W4qkdgZ864I

http://youtu.be/Ea-NJp4vnLE

http://youtu.be/rOKTOVwc-mw

Potencial de Repouso
equações Nerst e Goldmann

http://youtu.be/Zv_coYA1HBw

 

 

Utilização dos softwares

 

Baixando o software de
leitura de EEG.

EdfBrowser.

http://www.teuniz.net/edfbrowser/

Conversão do EEG neurosoft para edf+

http://youtu.be/Vp96lMSyQuU

Conversão do EEG EMSA para edf+.

http://youtu.be/p_72HPsnQ5I

Como modificar o cabeçalho
do EEG e

proteger a identidade do paciente

http://youtu.be/NEAZD8UhPCM

Emsa calibrar a visualização do  EEG na

tela do computador.

http://youtu.be/xQQkZ5XsxFE

Reduzir o traçado de EEG
NEUROSOFT por seleção de épocas

http://youtu.be/VYsCD2I16NE

Como reduzir o traçado do
EEG por seleção

de épocas no NEUROSOFT.

http://youtu.be/CcDU-5c9U_U

Montando eletrodos
adicionais no EEG

Neurosof.

http://youtu.be/BWJLZa7oDL4

 

 

 

 

Princípios Técnicos

 

EEG e princípios muito básicos de

eletricidade

http://youtu.be/zRNx_JBPBBo

Eletricidade básica e eletrônica.

http://youtu.be/zRNx_JBPBBo

Componentes do eletrencefalógrafo.

http://youtu.be/niK1qZRNxlI

Computadores e
princípios de conversão analógico digital. Introdução 0.

http://youtu.be/sMK-8OTK4b0

EEg e conversão analógico
digital I.

O que são bits e bytes.

http://youtu.be/sMK-8OTK4b0 

EEg e conversão analógico
digital II.

Resolução de amplitude
1 de 3.

http://youtu.be/V-1tXhr4MLA

EEg e conversão analógico
digital III.

Resolução de amplitude
2 de 3.

http://youtu.be/KbDne-C47tc

EEg e conversão analógico
digital IV.

Resolução de amplitude
3 de 3.

http://youtu.be/BgYklrWQgOQ

EEg e conversão analógico
digital V.

Resolução temporal 1.

http://youtu.be/gh9dGnHvM5M

 

 

O amplificador
diferencial no EEG. Intro.

http://youtu.be/E8m1xtBTELs

Amplificadores e suas
características.

http://youtu.be/E8m1xtBTELs

http://youtu.be/niK1qZRNxlIArtefatos

http://youtu.be/88scXqJyuMA

Hoje: mais sobre

Amplificadores no EEG.

http://youtu.be/godDj6N1pAs

 

 

 

 

Filtros.

http://youtu.be/NwBeRyEP1PY

 

 

Introdução à clínica

 

Princípios básicos do EEG 6fev14

http://youtu.be/YANmJZ5usMg

 

 

Artefatos

 

Artefato de placa digitalizadora.

http://youtu.be/IDHq1Xz-NGQ

 

 

 

 

Utilização
clínica do EEG.

 

 

 

Montagens

 

Criando montagens
básicas.

http://youtu.be/qVNPu0uGJy0

Como criar montagens no
EDFBrowser de Teunes van Beelen.

http://youtu.be/OIPzbW6WTk8

Montagem de cabeça e

discussão de traçados normais 1
de 2.

http://youtu.be/4S4MgS7AjoA

Discussão de traçados
normais 2 de 2.

http://youtu.be/_PwO77CxQ9o

 

 

Variantes da normalidade

 

Oficina de EEG 31OUT13
I.

http://youtu.be/h0yTDlPildo

Oficina de EEG 31OUT13
II.

http://youtu.be/zzO-B2gbu9s

Oficina de EEG 31OUT13
III.

http://youtu.be/9jbzjBCLqGU

Oficina de EEG 7nov13.

http://youtu.be/OYa-P4HrQbw

Oficina de EEG 14nov13.

http://youtu.be/mY21DoVZcPU

Oficina de EEG  21nov14. 1de7

http://youtu.be/KWNRUCJi9R8

Oficina de EEG  21nov14. 2de7

http://youtu.be/-JOMGqMsCIk

Oficina de EEG  21nov14. 3de7

http://youtu.be/a3dkF8nDjK4

Oficina de EEG  21nov14. 4de7

http://youtu.be/WfJu1GlVqn4

Oficina de EEG  21nov14. 5de7

http://youtu.be/7CXGdsqntVw

Oficina de EEG  21nov14. 6de7

http://youtu.be/lDKxn0s9y6I

Oficina de EEG  21nov14. 7de7

http://youtu.be/zLkZE9knzB4

 

 

 

 

 

 

Resumo de EEG e Epilepsias.

 

Síndromes neonatais I.

http://youtu.be/-C4wjVzW070

Crises lactentes e crianças maiores II.

http://youtu.be/Hx1lEIn0UiY

Epilepsia Rolandica III.

http://youtu.be/uI6JIxayx-Q

Epilepsias occipitais IV.

http://youtu.be/RECS1qDu6B8

Síndrome de Lennox-Gastaut
V.

http://youtu.be/VMFrS2mE3jM

Landau Kleffner VI.

http://youtu.be/uEXJJecXYQg

EEG e crises de Ausência.

http://youtu.be/zPH6EogmO58

Síndrome de Aicardi.

http://youtu.be/f8sPOYc8OY4

Síndrome de Doose.

http://youtu.be/4HQF2g7MwvI

 

 

Como Laudar o EEG.

 

Laudos

http://sinapsy.com.br/modelos-de-laudos-sugeridos-para-relatos/

 

 

Temas avançados.

 

Análise de wavelets com
máquina de vetor de suporte no EEG da doença de Alzheimer.

http://youtu.be/tP3whvQXBKI

Informações e Recursos  Adicionais

Todo o material aberto no site sinapsy.com.br  (página principal) deve complementar o estudo.

É importante  o colega baixar e laudar todos os exames disponíveis no site.

 

 

Vídeos de traçados para revisão (devem ser assistidos em resolução máxima):

Assunto

 

Referência

 

 

 

EEGs normais

 

 

material de apoio 1 EEG0001 MAM

 

http://youtu.be/zlwaMs3-960?list=UU76dRqfO1E-lMEiIbWEi-Pw

EEG material de apoio 3 JOAGO.

 

http://youtu.be/JN48IWzsTcA?list=UU76dRqfO1E-lMEiIbWEi-Pw

EEG
material de apoio 4.

 

http://youtu.be/5fcDhtU2n8M?list=UU76dRqfO1E-lMEiIbWEi-Pw

EEG material de apoio
5. Normal.

 

http://youtu.be/Bpph0pKPEPE

EEG material de apoio
6. EEG normal.

 

http://youtu.be/XbXl6a59UmY

EEG material de apoio
7. Normal.

 

http://youtu.be/-Zq2bqiTsJQ

EEG material de apoio 8.
Normal.

 

http://youtu.be/Q9xJJv-uZg8

EEG material de apoio 9.
Normal.

 

http://youtu.be/dBXMxTtau9o

EEG material de apoio
EEG0010.

 

https://www.youtube.com/watch?v=tuWz7u3nwCE

Discussão de traçados material
de apoio 52.

 

http://youtu.be/gA-oK-zVTNk

Discussão de traçados
material de apoio 53.

 

http://youtu.be/Tg8OsHWJ7Bs

Discussão de traçados
material de apoio 54.

 

http://youtu.be/Kv1_g8V1y5U

Discussão de traçados
material de apoio 55.

 

http://youtu.be/O4a4_UvH85Y

Discussão de traçados
material de apoio 56.

 

http://youtu.be/-1iczJpa0M4

Discussão prática

traçados normais 3.10.13. 33:45min

 

http://youtu.be/lYHBgSxuErQ

Discussão prática. Parte I.

traçados normais sono. 10.10.13  24min

 

http://youtu.be/Hnd_Ajr85CA

Discussão prática. Parte II.

traçados normais sono. 18.10.13  24min

 

http://youtu.be/iiE2Dhsj1Zw

Traçado normal
sono.17.10.13 25:39min

 

http://youtu.be/bhY5Sg17hgQ

 

 

 

 

 

Digiprove sealCopyright secured by Digiprove © 2014